Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/06/17 às 17h54 - Atualizado em 18/12/18 às 11h33

Funap oferece curso de serigrafia na Papuda com apoio do Picasso não Pichava

Pela primeira vez no sistema prisional do DF, o Programa Picasso não Pichava disponibiliza instrutor para ensinar a arte da serigrafia a cinco internos do Centro de Internamento e Reeducação (CIR-Papuda). 

 

Com o intuito de fomentar a qualificação profissional dos internos da Papuda, a Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso do Distrito Federal (Funap-DF), em parceria com a Secretaria de Segurança Pública e Paz Social (SSP-DF), órgão ao qual é vinculada, promove a cinco sentenciados do Centro de Internamento e Reeducação (CIR) o curso prático de serigrafia. As aulas ocorrem com apoio do Programa Picasso não Pichava, iniciativa da pasta da segurança, pela primeira vez inserido no contexto prisional.

 

O curso, que teve início na última quarta-feira (21), tem previsão de seis meses de duração e será realizado uma vez por semana. Segundo o diretor-executivo da Funap, Nery do Brasil, esta iniciativa é mais uma oportunidade para quem está cumprindo pena e deseja encontrar um meio de profissionalização. “As oficinas da Funap têm este papel de ajudar os internos nesta capacitação para o mercado de trabalho e este curso será mais uma chance para eles”, afirma.

 

O curso conta com instrutor do programa Picasso não Pichava cedido pela SSP-DF para realizar atividades na oficina de serigrafia da Funap. Com mais de 40 anos de experiência no ramo, o professor Antônio Carlos Nunes acredita que, da mesma forma que o programa resgata jovens nas ruas do DF com suas mais variadas atividades, também o fará dentro do sistema penitenciário. “Por meio da arte os internos podem encontrar um caminho para a ressocialização, pois a arte liberta e ainda os incentiva a aprender uma nova profissão”, acrescenta.

 

As aulas, segundo o professor e servidor, serão práticas, mas os internos também terão direito ao material didático fornecido pelo Programa. As técnicas que serão abordadas no curso são básicas, mas já garantem aos alunos habilidades para desempenhar serviços de serigrafia em qualquer lugar. “A ideia é formar multiplicadores de conhecimento para que as técnicas sejam passadas de um para o outro”, explica.

 

O diretor da Funap ressalta ainda que o curso pretende restaurar a capacidade de produção da oficina de serigrafia. “Estamos trabalhando para restaurar aos poucos todas as oficinas e assim gerar mais produção neste ambientes e este é mais um passo”, aponta Nery do Brasil. Além do CIR, a parceria pretende levar o curso também às sentenciadas da Penitenciária Feminina (PFDF).

 

Programa Picasso não Pichava

 

Criado em 2000, o Programa Picasso não Pichava, da Subsecretaria de Segurança Cidadã (Susec/SSP-DF), tem caráter comunitário e busca inibir o crime e a violência infanto-juvenil por meio de ações culturais e artísticas em todo o Distrito Federal.

 

 

Isabel Nascimento

Assessoria de Comunicação Social – Funap-DF

E-mail: ascom.funap@gmail.com

Telefone: 3233-8215

Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso - Governo do Distrito Federal

FUNAP

Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso - FUNAP/DF SIA Trecho 02 Lotes 1835/1845 1º Andar - CEP: 71200-020 Telefone: 3233-8215 | E-mail funapdf@yahoo.com.br